1/6

Editorial 009

Absurdo das Paraolimpíadas

Fonte: Altamir Antônio Rosa Araldi

02/02/2014

Altamir escreve: Eu tenho um filho que é Deficiente Auditivo. Muito me faria eu e a ele felizes se vislumbrasse uma possibilidade dele vir a escutar - para ele é impossível, pois é perda total da audição devido à lesão no nervo auditivo o qual sabemos ser irreversível uma vez que o nervo não tem capacidade de regeneração. 

Bem, sinceramente nunca nos passou pela cabeça ver nosso filho superar seu problema através da conquista de uma medalha em uma chamada PARAOLIMPÍADA. É para mim uma idéia estapafúrdia vir a querer ser um atleta para compensação da perda de um de nossos sentidos. Agora o Governo, lança esse programa que dá ao deficiente mais do que ele realmente sabemos precisa, isto é o deficiente precisa se superar como pessoa pela integração à sociedade sem a meu ver exigir que o mesmo venha a ser um atleta.

O mais absurdo nisso tudo é que o atleta vai receber uma bolsa que pode chegar ao valor de 15.000 reais por mês. Nenhum professor ou Engenheiro ou Médico recebe isso de mão beijada como é o exemplo de tal projeto da Presidenta Dilma voltado aos deficientes.

 

Veja na reportagem, através do Link abaixo, o Projeto Absurdo da Presidenta!

http://www.youtube.com/watch?v=tUW3RbYqgIw&feature=share

 

 

  A partir de 15 Maio de 2018

Você é o Visitante de Número

(48) 8410.6510 /  faleconosco@ensinoeinformacao.com  /  Florianópolis - SC - Brasil

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • w-googleplus

® 2003 - 2018 Todos os direitos Reservados, ensinoeinformacao.com

Temos Uma versão desta Revista Especificamente para SmartPhones: Versão mais Enxuta somente com Vídeo Aulas e Eventos