PROFISSÕES

Profissões do Futuro. Satisfação Profissional. Guia das Profissões

 

Descubra quais são as Profissões do futuro

 

Aposte nas profissões mais valorizadas e aumente suas chances de conseguir um bom emprego!

Investir em uma profissão só porque “está na moda” não é garantia de emprego certo, mas ficar de olho nas tendências, avaliando as oportunidades de mercado para direcionar a sua carreira, é fundamental para o seu sucesso profissional.

Confira as profissões do futuro e aumente suas chances de conseguir um bom emprego!

 

 

Profissões do Futuro

O portal Exame.com consultou especialistas em recrutamento com o objetivo de identificar as profissões que ganharão mais espaço nos próximos dez anos. A pesquisa “Carreiras do Futuro”, realizada pelo Programa de Estudos do Futuro (Profuturo), da Fundação Instituto de Administração (FIA), também subsidiou o levantamento.

De acordo com a pesquisa, as profissões mais promissoras para os 10 próximos anos pertencem às seguintes áreas:

  • Sustentabilidade

  • Infraestrutura

  • Saúde e Qualidade de Vida

  • Recursos Humanos

  • Marketing e Vendas

  • Tecnologia da Informação (TI)

  • Direito

 

 

Sustentabilidade

  • Gestor de Ecorrelações

Exige conhecimento técnico ambiental, de direito ambiental e facilidade em comunicação. Seu foco é o controle socioambiental e a qualidade de vida.

Formação recomendada: Graduação em Engenharia, Administração, Economia, ou Ecologia, com especializações em Marketing ou Biologia.

  • Gestor de Resíduos

Direcionamento correto para os resíduos e a transformação do lixo em fonte de renda e energia são suas principais funções.

Formação recomendada: Graduação em Engenharia Química, Engenharia Ambiental ou Biologia.

  • Engenheiro Ambiental

O aumento da demanda por estes profissionais é certo. A preocupação com o impacto ambiental de todos os segmentos é tendência crescente.

Formação recomendada: Graduação em Engenharia Ambiental.

 

 

Infraestrutura

  • Gestor de Operações e Logística

Os crescentes investimentos em infraestrutura, como a construção de rodovias, portos e aeroportos, têm garantido novos espaços e ótimas perspectivas a estes profissionais.

Formação recomendada: Graduação em Engenharia, Administração, Economia ou Comércio Exterior.

  • Engenheiro Civil

Os investimentos em infraestrutura acompanham o crescimento do País. Profissionais ligados ao setor da construção continuarão com empregabilidade em alta.

Formação recomendada: Graduação em Engenharia Civil.

  • Engenheiro de Petróleo e Gás

Fontes de energia estão entre os recursos mais necessários ao desenvolvimento. O maior desafio destes profissionais é buscar técnicas mais eficientes de extração.

Formação recomendada: Graduação em Engenharia de Petróleo.

 

 

Saúde e Qualidade de Vida

  • Engenheiro Hospitalar

Este profissional é responsável pelos equipamentos de alta precisão, treinamentos e relacionamento com fornecedores.

Formação recomendada: A Engenharia Hospitalar é um ramo da Engenharia Biomédica, um curso recente que já assumiu lugar de destaque na área.

  • Bioinformacionista

Considerado o novo profissional da área de Saúde, sua atividade profissional alia a genética ao desenvolvimento de medicamentos.

Formação recomendada: Graduação em Farmácia, Medicina, Biotecnologia. Formação em Medicina e especialização em Farmácia, ou graduação em Farmácia e pós em Medicina são as combinações sugeridas.

  • Técnico em Telemedicina

O Técnico em Telemedicina deve atuar nas áreas mais remotas do Brasil, permitindo o acesso dos pacientes a diagnósticos e tratamentos, mesmo estando distantes das equipes médicas.

Formação recomendada: profissão voltada a Engenheiros da Computação, Analistas de Sistemas e profissionais da Saúde.

  • Conselheiro de Aposentadoria

A missão deste profissional é auxiliar no planejamento da aposentadoria, dos pontos de vista financeiro, ocupacional e de plano de saúde.

Formação recomendada: Requer conhecimentos em Administração, Contabilidade e Economia.

  • Gestor de Qualidade de Vida

O foco de sua atuação é a busca da melhoria da qualidade de vida em ambientes de trabalho, procurando garantir o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional dos colaboradores.

Formação recomendada: Este profissional geralmente tem formação em Saúde. O que conta pontos é a experiência no setor de Recursos Humanos.

 

 

Recursos Humanos

  • Coordenador de desenvolvimento da força de trabalho

Alia conhecimentos em psicologia, administração e gestão de pessoas e atua com foco na educação continuada do quadro funcional de uma instituição.

Formação recomendada: Graduação em Psicologia, com especialização em Administração e ênfase em Gestão de Pessoas.

  • Gestor de treinamento de varejo

É o profissional responsável pela padronização do atendimento ao cliente em redes de varejo e pelo treinamento dos funcionários que prestam este atendimento.

Formação recomendada: Graduação em Administração de empresas e Recursos Humanos.

 

 

Marketing e Vendas

  • Gestor de marketing para e-commerce

As vendas pela internet não param de crescer.  Este profissional deve garantir às empresas maior segurança nas transações comerciais e melhor posicionamento na Internet.

Formação recomendada: graduação em Marketing, Publicidade, Engenharia da Computação, Ciência da Computação ou Sistemas de Informação.

  • Gestor de inovação

A tendência é que a inovação deixe de estar ligada apenas ao desenvolvimento de novos produtos, e exerça papel fundamental na otimização de processos e redução de custos.

Formação recomendada: Marketing e especialização em Pesquisa de Mercado são as principais indicações dos especialistas.

 

 

Tecnologia

  • Gestor de comunidade

É o profissional que gerencia o relacionamento com consumidores em redes sociais, acompanha o posicionamento da marca e da concorrência e identifica novas oportunidades no segmento.

Formação recomendada: graduação em Marketing, valorizando-se a formação em Plataformas Online.

  • Especialista em cloud computing

Cargo voltado a profissionais da área de Tecnologia da Informação, responsáveis pelo gerenciamento da armazenagem de dados em nuvem.

Formação recomendada: Tecnologia da Informação.

  • Gestor de Big Data

Esta função exige conhecimentos em estatística, tecnologia e matemática. O profissional deve analisar as informações recebidas pela empresa e direcioná-las aos departamentos competentes.

Formação recomendada: Tecnologia da Informação, Matemática e Estatística.

 

 

Direito

  • Advogado societário

É o advogado especializado em operações de fusões e aquisições. Os melhores cursos nesta área são oferecidos na Inglaterra e Estados Unidos.

Formação recomendada: Direito.

  • Advogado tributário

É o advogado que atua com questões de legislação e carga tributária. Tem um papel cada vez mais estratégico nas organizações, especialmente no Brasil.

Formação recomendada: Direito, especialização em Direito Tributário, Economia, Ciências Contábeis.

Agora que você já conhece as profissões mais promissoras para os 10 próximos anos e a formação exigida para cada uma delas, pode direcionar melhor a sua carreira, seja fazendo um curso superior ou uma pós-graduação na área.

 

 

Onde estudar

Independentemente da sua escolha de carreira, é importante cursar uma universidade que tenha o aval do Ministério da Educação (MEC), pois só assim seu diploma será reconhecido no mercado.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos superiores:

 

Nelas você vai poder estudar com a certeza de um diploma válido em todo o território nacional. Além disso, vai encontrar vantagens como ProUni, FIES, bolsas, descontos e financiamento sem burocracia.

Dedo Indicador para a Direita.png

 

Conheça os 8 Profissionais mais Satisfeitos

 

 

 

Descubra quem são os profissionais que estão de bem com a vida e com o trabalho!

    

 

O mundo profissional é um mistério. Às vezes a gente ganha pouco, trabalha o dia inteiro e, ainda assim, está feliz da vida na carreira.

Pelo menos esse foi o resultado apontado por diversas pesquisas que tentam medir o índice de satisfação profissional no Brasil e no mundo.
Uma delas, a Pesquisa sobre Felicidade no Trabalho e Otimismo Profissional, realizada pelas empresas Etalent e Catho, revela dados interessantes sobre como encaramos nosso trabalho.

Com ela, ficamos sabendo que quem mora nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste trabalha mais feliz. Os habitantes do Sul também estão satisfeitos com suas atividades profissionais, enquanto na região Sudeste – a mais rica do Brasil – o pessoal anda um pouco cabisbaixo.

O que explica essa diferença de percepção em relação ao trabalho é o impacto das transformações sociais ocorridas no Brasil nas últimas décadas. Isso gerou uma mudança muito grande nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, trazendo consigo uma visão mais otimista do mercado.

Mas afinal, o que torna um profissional feliz? De acordo com a pesquisa, é um conjunto de fatores que incluem:

  • Oportunidades de crescimento

  • Ambiente de trabalho

  • Relacionamento com os colegas

  • Um chefe competente

  • Um bom salário

Por incrível que pareça, o salário não é o único componente de felicidade profissional. Um quesito importante, por exemplo, é o senso de responsabilidade e retorno social que o trabalho oferece. Nas inúmeras pesquisas sobre os profissionais mais felizes que encontramos por aí, o topo é sempre ocupado por gente que sente orgulho do que faz, independentemente do dinheiro que ganha.

Conheça a seguir alguns dos profissionais mais felizes do Brasil:

 

 

Os Profissionais mais Satisfeitos

Para listar os profissionais mais felizes do Brasil, vamos usar duas pesquisas. Na primeira, vamos conhecer as funções que empregam os profissionais mais satisfeitos. A segunda você vai ver mais adiante.

Veja o quem são os profissionais mais felizes do Brasil segundo a pesquisa realizada pelo site de empregos Love Mondays:

 

  • Estagiários, Trainees e Jovens Aprendizes

Eles estão cheios de energia, ávidos para descobrir todos os detalhes da área de trabalho que escolheram, deslumbrados com o fato de estarem aprendendo uma profissão. Não é à toa que os jovens estagiários, trainees e aprendizes estão entre os profissionais mais felizes do mercado brasileiro.

Aqui nem sempre é o dinheiro que vem primeiro. As perspectivas profissionais, o conhecimento adquirido e a possibilidade de efetivação contam muito mais como fator de satisfação.

 

  • Consultores

Os consultores também integram a lista das profissões mais felizes. O motivo não poderia ser mais justo: como profissionais especializados em determinadas áreas do conhecimento, sua missão é encontrar soluções para um problema ou apontar caminhos para lidar com um desafio da empresa contratante.

Esse senso de utilidade contribui bastante para a satisfação no trabalho. Também é um profissional que estuda muito e precisa estar sempre atualizado com as novidades da sua área de atuação. Outro fator que conta muito é o modelo de trabalho, principalmente por conta própria – o que permite maior flexibilidade no dia a dia.

 

  • Gerentes e Supervisores

O senso de responsabilidade que os cargos de gerente e supervisor exigem dão uma carga extra de ânimo a quem atua nessas funções. Repare num fato interessante: na lista não aparecem os cargos mais altos e bem remunerados, como diretor, vice-presidente e presidente de uma empresa.

Acontece que, embora recebam um salário menor que os seus superiores, gerentes e supervisores são submetidos a um cotidiano menos estressante na maioria das vezes, além de enxergarem possibilidades concretas de ascensão no emprego.

 

  • Vendedores

Vendedores externos, analistas de venda, promotores de venda, consultores de vendas – boa parte das funções que envolvem vendas tem profissionais felizes, revela a pesquisa. O segredo está no senso de conquista e contribuição que os vendedores têm ao concretizar uma operação. Sem falar, é claro, nos bônus que ganham a cada negócio fechado.

Em uma segunda pesquisa – esta realizada com gente do mundo inteiro – o site CareerCast, em parceria com a Revista Forbes, revelou quem são os profissionais mais felizes do mundo. A lista é um pouco diferente da que temos no Brasil, mas dá para ter uma ideia de quem está rindo à toa no mercado de trabalho atualmente:

 

  • Desenvolvimento de Software

A tecnologia da informação é uma profissão de ponta, “do futuro”, que reúne profissionais super especializados e bem antenados com as novidades mundo afora. Quem trabalha nessa área geralmente é muito procurado e tem chances de remuneração elevadas. Não é por menos que eles ocupam o topo da lista dos profissionais mais felizes, segundo a pesquisa.

 

  • Rádio e TV

Um mercado de trabalho dinâmico e exigente acolhe os profissionais de Rádio e TV. As possibilidades de atuação na área são inúmeras: edição, criação, reportagem, texto, pauta, apresentação, locução, figurino, gerenciamento de equipes… Além disso, esse pessoal tem a importante missão de buscar, elaborar e comunicar notícias – o que é vital para o desenvolvimento social e econômico.

 

  • Educação

Pelo mundo inteiro, o ensino é uma profissão que conta, principalmente, com a devoção dos seus profissionais. Na pesquisa, os itens mais bem avaliados foram os chefes, os colegas e o jeito de trabalhar. Pessoas que se dedicam à licenciatura ou à Pedagogia o fazem principalmente por achar que a profissão é importante para o desenvolvimento humano, que são capazes de fazer a diferença. Embora não estejam na lista dos mais bem remunerados, de acordo com a pesquisa esses profissionais estão felizes com o que fazem.

 

  • Audiovisual

Por ser uma indústria voltada para o entretenimento e com uma forte pegada tecnológica, o audiovisual (animação, cinema, comerciais, videoclipes) atrai gente criativa e disposta a crescer no ramo. Não é à toa que elas se dão bem entre si. Em meio aos itens mais bem avaliados pelos que trabalham nessa área estão os chefes, os colegas e a forma de trabalhar. A emoção de ver sua ideia, roteiro, cenário ou figurinos em ação é o principal combustível desses profissionais.

 

 

Veja também:

Dedo Indicador para a Direita.png

 

 

Guia das Profissões

 

 

 

Em dúvida sobre qual carreira você quer seguir? Conheça mais sobre as profissões!

Administração, Economia e Negócios

Administração de empresas

Administração Pública

Agronegócios

Biblioteconomia

Ciências Atuárias

Ciências Contábeis

Comércio Exterior

Economia

Gestão Ambiental

Gestão Comercial

Gestão de Recursos Humanos

Gestão Financeira

Logística

Negócios Imobiliários

Processos Gerenciais

Relações Internacionais

Secretariado

Segurança do Trabalho

 

Ciências Sociais

Antropologia

Ciências Políticas

Ciências Sociais

Filosofia

Serviço Social

Teologia

 

Comunicação e Mídia

Arquivologia

Comunicação Social

Jornalismo

Multimídia

Publicidade e Propaganda

Rádio e TV

Relações Públicas

 

Design e Arte

Artes Cênicas

Artes Plásticas

Artes Visuais

Cinema

Dança

Desenho Industrial

Design de Games

Design Gráfico

Fotografia

Moda

Música

Teatro

 

Direito

Direito

 

Educação

Ciências Naturais

Física

Geografia

Letras

Matemática

Pedagogia

 

Engenharia e Arquitetura

Agronomia

Arqueologia

Arquitetura

Astronomia

Ciências Ambientais

Ciências Exatas

Engenharia Aeronáutica

Engenharia Aeroespacial

Engenharia Agrícola

Engenharia Ambiental

Engenharia Biomédica

Engenharia Civil

Engenharia de Agrimensura

Engenharia de Alimentos

Engenharia de Controle e Automação

Engenharia de Energia

Engenharia de Materiais

Engenharia de Minas

Engenharia de Pesca

Engenharia de Petróleo

Engenharia de Produção

Engenharia Elétrica

Engenharia Florestal

Engenharia Mecânica

Engenharia Mecatrônica

Engenharia Metalúrgica

Engenharia Naval

Engenharia Nuclear

Engenharia Química

Engenharia de Telecomunicações

Geologia

Mecânica Industrial

Meteorologia

Oceanografia

 

Informação e Tecnologia

Ciência da Computação

Engenharia da Computação

Sistemas de Informação

Tecnologia da Informação

 

Saúde

Biologia

Biomedicina

Biotecnologia

Ciências Biológicas

Educação Física

Enfermagem

Estética

Farmácia

Fisioterapia

Fonoaudiologia

Gestão Hospitalar 2

Medicina

Medicina Veterinária

Nutrição

Odontologia

Psicologia

Química

Radiologia

Terapia Ocupacional

Zootecnia

 

Turismo e Gastronomia

Gastronomia

Hotelaria e Turismo

Dedo Indicador para a Direita.png

Saiba quais Carreiras estarão

em alta até 2020

 

 

 

Confira algumas carreiras e profissões que são garantia de empregabilidade e boa remuneração até o ano de 2020!

Decidir qual a carreira ideal ou aquela que trará a melhor oportunidade de emprego ao se formar é uma tarefa que envolve muitos fatores.

Entre eles, certamente, é importante levar em conta como estará o mercado nos próximos anos e se determinada profissão estará em alta.

Um das formas de saber se uma profissão estará em alta é consultar pesquisas como a da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), que ouviu mais de 400 empresas, representando mais de 2,2 milhões de empregados, para saber quais profissionais continuarão a ser contratados nos próximos anos. Foram entrevistados profissionais de Recursos Humanos e do setor operacional e pesquisa foi dividida nas áreas de Gestão e de Produção.

Confira as carreiras e profissões que estarão em alta até 2020!

 

 

Área de Gestão

De acordo com a pesquisa da Firjan, os 10 setores de atuação que surgem com grandes possibilidades de contratação até o ano de 2020 são:

  1. Compras

  2. Comercial

  3. Tecnologia da Informação (TI)

  4. Serviços Gerais

  5. Planejamento

  6. Atendimento ao Cliente

  7. Recursos Humanos

  8. Marketing

  9. Comunicação

  10. Ouvidoria

Área de Produção

Já na área de produção, as oito áreas de atuação que aparecem com ótimas perspectivas para o futuro são:

  1. Engenharia

  2. Produção

  3. Gestão de Qualidade

  4. Projetos

  5. Pesquisa e Desenvolvimento

  6. Segurança e Saúde Operacional

  7. Meio Ambiente

  8. Manutenção

 

Profissões em alta até 2020

A pesquisa também se propôs a auxiliar os estudantes, listando algumas profissões que possuem índice expressivo de aumento na procura até o ano de 2020.

Confira abaixo a lista com as profissões que estarão em alta até 2020:

  1. Supervisores de Produção em Indústrias de transformação de plástico

  2. Engenheiros de Petróleo

  3. Técnicos em Sistemas de Informação

  4. Trabalhadores de tratamento de superfícies de metais e de compósitos

  5. Engenheiros de mobilidade

  6. Técnicos em mecatrônica

  7. Biotecnologistas

  8. Engenheiros ambientais e sanitários

  9. Desenhistas técnicos em eletricidade, eletrônica e eletromecânica

O levantamento da Firjan reforça o que todo mundo já sabe: para entrar e se manter competitivo no mercado, ter uma boa formação é fundamental, independentemente do cargo pretendido:

  • Para a área de produção, será muito difícil conseguir um bom emprego sem ao menos um curso técnico.

  • Na área de gestão, é fundamental ter nível superior.

  • Em ambos os casos, para assumir cargos de gerência e diretoria o candidato deverá ter ao menos uma pós-graduação.

Dentre as melhores profissões constatou-se que cinco delas são de nível superior (Engenheiros de Petróleo, Técnicos em Sistemas de Informação, Engenheiros de mobilidade, Biotecnologistas, Engenheiros ambientais e Sanitários), duas delas são de nível médio/técnico (Técnicos em Mecatrônica e Desenhistas Técnicos em Eletricidade, Eletrônica e Eletromecânica) e duas delas são para profissionais com nível básico (Supervisores de Produção em Indústrias de transformação de plástico, Trabalhadores de tratamento de superfícies de metais e de compósitos).

 

Onde estudar

Os cursos técnicos de nível médio são oferecidos por instituições públicas e privadas de todas as regiões do País e há programas do Governo Federal, como o Pronatec, que oferecem vagas em cursos técnicos gratuitos. Instituições do chamado “Sistema S” (Senai, Senac, etc.) costumam ter bons cursos técnicos. São inúmeras as opções de curso técnico, você pode consultar todas as possibilidades no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos.

Se o seu objetivo é fazer uma faculdade, é importante escolher uma instituição autorizada e reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). São milhares de opções em todo o País, com cursos presenciais e a distância.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos superiores que estarão em alta:

Dedo Indicador para a Direita.png
Voltar para Home Page.png

  A partir de 08 Jan de 2022

Você é o Visitante de Número