ESTATÍSTICA

Disciplina: Métodos Estatísticos Multivariados

Veja a seguir os seguintes conteúdos já disponíveis. Para tomar conhecimento da lista completa dos conteúdos vistos nesta disciplina, clique no ícone "PROGRAMA" acima. OBSERVAÇÃO: Alguns dos assuntos estão divididos em partes as quais podem ser acessadas clicando nos links abaixo.

CURSO COMPLETO - APOSTILA

 

Seminários sobre Métodos Estatísticos Aplicados às Ciências Sociais ministrado através de Problemas-Exemplos discutidos embasados na Teoria ministrada a parte em dias distintos, pois que em laboratório se utilizando do Programa Computacional "SPAD.N" eram resolvidos estes Problemas Práticos.

 

Problemas-Exemplos e/ou Problemas Práticos:

1 - ESTUDO DE UM ASPECTO DA ESTRUTURA DO MERCADO DE UM GRUPO DE OPERADORES DE TURISMO DAS CATARATAS DO                    IGUAÇÚ /

1.a - RESOLUÇÃO DESTE EXERCÍCIO DE APLICAÇÃO DA ANÁLISE FATORIAL DE CORRESPONDÊNCIA SIMPLES: 

       Objetivo do Estudo: Verificar a possibilidades de construir uma topologia dos "lugares de procedência" dos turistas, segundo as                      preferências por certos períodos do ano para realizar a visita de Foz de Iguaçú pelo lado argentino.

1.b - RESOLUÇÃO COMPUTACIONAL DESTE EXERCÍCIO UTILIZANDO O SOFTWARE "SPAD.N"

 

2 - ESTUDO DA OPINIÃO DE ESTUDANTES AMERICANOS REFERENTE À ESTRATÉGIA QUE DEVERIA SER EMPREGADA PELOS ESTADOS        UNIDOS NA GUERRA DO VIETNÃ (Estudo Completo com a Resolução e Discussão em Detalhes dos Resultados!) /

 

3 - ESTUDO DAS CARACTERÍSTICAS DE DIFERENTES RAÇAS DE CÃES /

 

4 - ESTUDO DAS ASPIRAÇÕES PROFISSIONAIS DE JOVENS FRANCESES, NO FINAL DO CICLO BÁSICO DE ESTUDOS SECUNDÁRIOS /

     Parte 01 (Introdução)  ||  Parte 02 (Resolução)  ||  Parte 03 (Plan)

 

5 - COSTUMBRES ALIMENTICIAS DE LOS HOGARES FRANCESES SEGÚN CATEGORÍA PROFESIONAL Y CANTIDAD DE HILOS /

     Parte 01 (Proposta)  ||  Parte 02 (Solución)    

 

6 - ESTUDO DA RELAÇÃO QUALIDADE PREÇO NO MERCADO DE WHISKY / RESOLUÇÃO UTILIZANDO ANÁLISE FATORIAL DE                          CORRESPONDÊNCIA SIMPLES

 

7 - PESQUISA COM ALUNOS DOS CURSOS PRIMÁRIO E SECUNDÁRIO SOBRE NOÇÕES DE PROBABILIDADES /

________________________

 

Manual do Programa Computacional "SPAD.N integrado" (1995)

 

_____________________

Apresentação da Teoria:

ERRATA ou ERRATUM

   I. Introducción: Estadística Descriptiva y Estatística Exploratoria

 II. Tabla de Datos y Matriz de Datos

III. Información, Información Estadística, Información Fiable e Información Pertinente

 IV. Las Tablas de Tipo <<Individuos x Var. Cuantitativas>>

   V. Estudio de las Distribuciones Univariadas

 VI. Distribuciones Bivariadas

VII. Representación Gráfica de la Nube de Puntos-Individuos em R³

 

 

ANEXO  I - LA SUMACIÓN

 

 

ANEXO II - Matrices y Operaciones Matriciales

 

 

NOTAS DE CURSO - ÍNDICE

1 - Análise em Componentes Principais (ACP);

           I. Objetivos da Análise em Componentes Principais

         II. Comparação dos Indivíduos e Relação entre as Variáveis na T. de D. na ACP

       III. Transformação da Matriz de Dados

        IV. A nuvem de Pontos - Indivíduos em R³ e Rk

          V. Comparação dos Indivíduos e Forma da Nuvem de Pontos N

        VI. Busca de um novo Referencial de Representação da Nuvem de Pontos N

      VII. As Componentes Principais

        IX. Os Planos Principais

          X. Qualidade Global de uma Componente Principal

        XI. Contribuição do i-ésimo Indivíduo à Inércia Projetada no Comprimento do Eixo α

      XII. Qualidade de Representação do i-ésimo Indivíduo sobre o eixo α

    XIII. A Nuvem de Pontos

 

 

​1 - Apresentação da Análise Fatorial de Correspondência Simples (AFC) e Múltipla (AFCM);

 

2 - Apresentação dos Métodos de Classificação

Por Eduardo CRIVISQUE Laboratoire de Méthodologie du Traitement des Données de I'Université Libre de Bruxelles.*

(*) Traduzidos do Espanhol com a colaboração de Carlos BATISTA, Aurelia CASTIGLIONI, Julio CABEÇA e Maria José CARAVINA.

 

_______________________________

AVALIAÇÃO: Apresentação de um Exemplo de Aplicação da Análise em Componentes Principais 

                      Tamanho do Arquivo=1,45MB

_________________________

PLANO PARA A APRESENTAÇÃO DA ANÁLISE FATORIAL DE CORRESPONDÊNCIA SIMPLES E MÚLTIPLA

A. Observar, Conservar as Observações e resumir;

B. Comparar e Comunicar os Resultados das Comparações;

​C. Vantagens e Inconvenientes do Modelo Analógico e do Modo Digital de Comunicação de uma Mensagem;

D. Representação Gráfica da Informação contida em uma Tabela de Contingência;

E. Critérios a serem Respeitados na Busca de um novo Referencial de Representação;

F. Critérios a serem Respeitados na Busca de um novo Referencial de Representação (Continuação);

OBSERVAÇÃO: Disponíveis os Tópicos A até F  Arquivo no Formato ".PDF". Tamanho do Arquivo=15,1MB

____________________________________________________________________

 

G. Representação Fatorial da Informação contida numa Tabela de Contingência;

H. Exemplo de uma Aplicação da Análise de Correspondência Simples;

I. Generalização da Análise Fatorial de Correspondências Simples: Análise Fatorial de Correspondências Múltiplas

 

OBSERVAÇÃO: Disponíveis os Tópicos G até I Arquivo no Formato ".PDF". Tamanho do Arquivo=16,7MB

 

 

 

___________________________

Exemplo de Aplicação da (AFCM) ao tratamento de dados de pesquisas:

Tema: Análise da Pesquisa de audiometria radiofônica realizada durante um bimestre de 1992.

 

 

___________________________

Apresentação dos Métodos de Classificação: 

Advertência.

Plano de Apresentação dos Métodos de Classificação:

1. Que Significa Classificar um Conjunto de Dados Observados?

2. Classes, Classes Empíricas e Classificabilidade de um Conjunto dado de Unidades de Observação.

    2.1 - Que são as "Classes de Indivíduos" Semelhantes...?

    2.2 - Classificação dos Elementos de uma Tabela Observada.

3. Como se Desenvolve a Aplicação de um Método de Classificação?

4. Como Definir Semelhanças entre "Indivíduos" de uma Tabela T(n,p)?

    4.1 - Índices de Similaridade.

    4.2 - Índices de Similaridade (Continuação...).

    4.3 - Distâncias.

    4.4 - Distâncias Ultramétrica.

5. Seleção (ou Escolha) de uma Distância entre os Objetos a Classificar.

    5.1 - T(n,p) é uma Tabela de Medidas.

    5.2 - T(n,p) é uma Tabela de Contingência

    5.3 - T(n,p) é uma Tabela Disjuntiva Completa ou Tabela Lógica.

6. As Classificações Hierárquicas Ascendentes.

    6.1 - O Método do Vizinho Mais Próximo.

    6.1a - O Método do Vizinho Mais Próximo: Um Exemplo Numérico.

​    6.2 - O Método dos Centroides ou da Distância Média.

    6.3 - Comparação dos resultados dessas Três Estratégias de Agregação Aplicada ao mesmo Exemplo Numérico.

    6.4 - Comparação da Transformação da Matriz de Distância Operada por essas Três Estratégias de Agregação

             Aplicadas ao mesmo Exemplo Numérico.

    6.5 - O Método Baseado no Crescimento Mínimo do Momento de Ordem Dois nas Classes das Partições                                Encaixadas.

    6.6 - O Método Baseado no Crescimento Mínimo do Momento de Ordem Dois nas Classes das Partições Encaixadas                                             (Continuação...).

    6.6 - O Método de Ward.

    6.6 - O Método de Ward (Continuação...).

    6.6 - O Método Ward: Exemplo Numérico.

    6.7 - Como Selecionar uma Partição a partir de uma Hierarquia?

7. As Classificações Não Hierárquicas.

    7.1 - Método de "Agregação em Torno de Centros Móveis".

    7.2 - Variantes do Método de Partições.

    7.3 - Vantagens e Incovenientes dos Métodos de Partição.

8. O tratamento de Grandes Tabelas Resultantes de Levantamentos por Amostragem: A Estratégia "Análise

    Fatorial + Classificação".

 

_______________________

Referências Bibliográficas

PRIMEIRA PARTE: Referências de los Libros y Articulos Disponibles en las Bibliotecas de:

            1) Universidad de la República, Montevideo, Uruguay;

            2) Universidad de Concepción, Concepción, Chile.

 

SEGUNDA PARTE: Bibliografia General;

                                                              1) Libros;

                                                              2) Articulos.

 

 

 

 

 

                                                              

_____________________________________________

_____________________________________________

Análise Multivariada

Trata-se de um conjunto de métodos que permite a análise simultânea demedidas múltiplas para cada indivíduo ou objeto em análise, ou seja, qualquer método que permita a análise simultânea de duas ou mais variáveis pode ser considerado como multivariado. Vários autores apontam algumas razões para justificarem a sua opção por análises multivariadas, nomeadamente porque:

 

1 - A utilização de testes estatísticos separados para cada variável provoca um erro tipo I demasiado elevado (ou seja, a probabilidade de rejeitar a hipótese nula, quando ela é falsa, toma valores que ultrapassam o aceitável);

 

2 - As análises ignoram muita informação importante contida nos dados (nomeadamente, as correlações entre as variáveis intervenientes na análise);

 

3 - Algumas diferenças entre os grupos, quando analisados separadamente, poderão não ser significativas e, quando analisados em conjunto, poderão revelar-se significativas. Nesta perspetiva, as análises univariadas deverão ser consideradas como complementares das multivariadas: face à constatação de diferenças significativas numa análise multivariada, esta deve ser precedida de testes univariados para identificar as variáveis que mais contribuem para a não rejeição das hipóteses nulas.

 

 

 

Fonte: Enciclopédia e Dicionário Porto Editora

 

 

 

A Análise Multivariada é uma das áreas da estatística de maior importância. Na investigação científica os fenômenos são estudados e analisados buscando-se soluções para problemas relevantes para a sociedade. As respostas desses fenômenos são mensuradas em mais de uma variável e, em geral, as análises são realizadas separadamente para cada uma delas. As técnicas e métodos científicos da estatística multivariada procuram contemplar todas essas variáveis de uma forma integrada, onde as inter-relações são exploradas em sua máxima profundidade e as soluções para os problemas são mais consistentes e úteis. A possibilidade de aplicar técnicas e métodos multivariados aos problemas específicos de cada área do conhecimento é constantemente aventada e muitas vezes abandonada. As razões para isso são a falta de informação sobre os detalhes das técnicas e, principalmente, a dificuldade de interpretação dos resultados alcançados.

 

Fonte:Parte do Prefácio do Livro: Ferreira, Daniel Furtado. "Estatística Multivariada". Editora da Universidade Federal de Lavras, Minas Gerais-MG, 1aedição. 2008

Iniciaremos nossa jornada disponibilizando um Curso em forma de Apostila realizado Presencialmente e outra parte por Vídeo Conferência (isto é, Seminários (sobre Métodos Estatísticos Aplicados às Ciências Sociais) locais simultâneos através de Videoconferência) denominado “I Ciclo de Capacitação em Métodos Estatísticos Multivariados”. Este Curso foi ministrado pelo Programa PRESTA – PROGRAMME DE RECHERCHE ET D’ENSENIGNEMENT EM STATISTIQUE APPLIUÉE (Europe – Amérique Latine). Este Curso foi realizado presencialmente na UFSC-Universidade Federal de Santa Catarina (SC), Brasil entre os dias 01 e 12 de Dezembro de 1997. O Curso por Videoconferência realizado no Laboratório de Vídeoconferência, também na UFSC, e contou com a participação das seguintes Universidades:

 

  • UFSC-UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA;

  • UNOESC - Universidade do Oeste de Santa Catarina;

  • FURB – Universidade Regional de Blumenau (Santa Catarina);

  • UNIVALI – UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ (SANTA CATARINA);

  • UNISUL – UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA.

Formato ".PDF"

Formato ".PDF"

Formato ".PDF"

Formato ".PDF"

Formato ".PDF"

Formato ".PDF"

Formato ".PDF"

Formato ".PDF"

Formato ".PDF"

Formato ".PDF"

Tamanho: 4,92MB

Formato ".PDF"

Tamanho: 10,9MB

Formato ".PDF"

Coletânea de Artigos em Métodos Estatísticos Multivariados:

001 - ANÁLISE MULTIVARIADA DA TEORIA À PRÁTICA

002 - ESTATÍSTICA MULTIVARIADA - APLICAÇÃO DA ANÁLISE FATORIAL NA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

003 - UTILIZAÇÃO DE MÉTODOS ESTATÍSTICOS MULTIVARIADOS NA AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO EMPRESARIAL

004 - ELEMENTOS METODOLÓGICOS PARA A APLICAÇÃO DA ANÁLISE FATORIAL DE CORRESPONDÊNCIA NO ESTUDO DA EVOLUÇÃO               DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA

005 - A ANÁLISE FACTORIAL DE CORRESPONDÊNCIAS NA INVESTIGAÇÃO EM PSICOLOGIA: UMA APLICAÇÃO AO ESTUDO DAS                         REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DO SUICÍDIO ADOLESCENTE

006 - MÉTODOS DE ANÁLISE DE CORRESPONDÊNCIA MÚLTIPLA: ESTUDO DE CASO APLICADO À AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO                     CAFÉ

007 - SELEÇÃO DE VARIÁVEIS CATEGORIZADAS UTILIZANDO ANÁLISE DE CORRESPONDÊNCIA E ANÁLISE PPROCRUSTES

008 - TRATAMENTO MULTIVARIADO DE DADOS POR ANÁLISE DE CORRESPONDÊNCIA E ANÁLISE DE AGRUPAMENTOS

009 - ESTRUTURA FATORIAL E CONSISTÊNCIA INTERNA DO SELF-REPORTING QUESTIONNAIRE (SRQ-20) EM POPULAÇÃO URBANA

010 - ANÁLISE FATORIAL MÚLTIPLA PARA TABELAS DE CONTINGÊNCIA OBSERVAÇÃO: Apenas o Resumo: Atualmente muitos estudos de diferentes iniciativas                             governamentais e acadêmicas buscam identificar um Sistema Nacional de Inovação em Saúde. Esses estudos tentam caracterizar os setores...

011 - CAPÍTULO 8 – ANÁLISE FACTORIAL DE CORRESPONDÊNCIA Neste capítulo vão analisar-se os procedimentos Anacor, Homals e Princals, usados em tabelas de                             contingência, isto é, em quadros de distribuição de frequências resultantes do cruzamento de duas ou mais variáveis qualitativas.

012 - USO DE DROGAS ENTRE CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE RUA: UM ESTUDO LONGITUDINAL (Tese)

013 - ALGUMAS TÉCNICAS ESTATÍSTICAS MULTIVARIADAS - PARTE I   (Seminário DEs/DEP) 

 

014 - ESCOLHA DE MEIOS DE PAGAMENTO POR POPULAÇÕES DE MÉDIA E BAIXA RENDA: UMA ABORDAGEM SOB A PERSPECTIVA DA              ANÁLISE FATORIAL E DE CORRESPONDÊNCIA

015 - ANÁLISE LEXICAL E ANÁLISE DE CONTEÚDO: UMA PROPOSTA DE UTILIZAÇÃO CONJUGADA

016 - AS UNIVERSIDADES E INSTITUTOS DE PESQUISA NO CONTEXTO DA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NO BRASIL

017 - AVALIAÇÃO DO EMPREGO DA TÉCNICA DE ANÁLISE FATORIAL EM TESES E DISSERTAÇÕES DE ALGUMAS

          INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR

018 - UNA MEDIDA DE LA CONDUCTA DESVIADA: VERIFICACIÓN EMPÍRICA DE LA ESTRUCTURA FACTORIAL EN RECLUSOS DE BRASIL

019 - AVALIAÇÃO DE CONTRATOS NA AGROINDÚSTRI CANAVIEIRA UTILIZANDO A NOVA ECONOMIA INSTITUCIONAL E ANÁLISE                   FATORIAL DE CORRESPONDÊNCIA

020 - UMA ANÁLISE DOS CONTRATOS UTILIZANDO A TÉCNICA DE ANÁLISE DE CORRESPONDÊNCIA

021 - ANÁLISE DAS RELAÇÕES ENTRE OS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO INTERNA E EXTERNA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

022 - AVALIAÇÃO DE CONTRATOS NA AGROINDÚSTRIA CANAVIEIRA NO PARANÁ: UMA APLICAÇÃO PARA O LAW AND ECONOMICS

 

Formato ".PDF"

Formato ".PDF"

Artigos (outros) sobre Métodos Estatísticos Multivariados

1 - Análise Fatorial de Correspondência

001 - TRATAMENTO INFORMÁTICO DE QUESTIONÁRIOS: O PONTO DE VISTA DA ANÁLISE FACTORIAL   Arquivo no Formato ".PDF

002 - AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA: FORMAÇÃO, ATUAÇÃO E INTERFACES  Arquivo no Formato ".ppt" (PowerPoint -Slide)

003 - BOURDIEU EPISTÊMICO-PRÁTICO: O ESPAÇO DE PRODUÇÃO ACADÊMICA EM EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL Formato ".PDF"

004 - DEPRESSÃO EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES ESCOLARES: UM ESTUDO DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS  Formato ".PDF"

005 - DESENVOLVIMENTO DE TESTE DE DISSOLUÇÃO PARA O MELOXICAM UTILIZANDO O PLANEJAMENTO FATORIAL: ESTUDO                         COMPARATIVO DE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS X PRODUTOS MAGISTRAIS  Arquivo no Formato ".PDF"

006 - RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES URBANOS E DIARRÉIA INFANTIL EM SALVADOR Arquivo no Formato ".PDF"

007 - REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE IDOSOS SOBRE PREVENÇÃO E TRANSMISSÃO DA AIDS  Arquivo no Formato ".PDF"

008 - TRÊS DÉCADAS DO MODELO DE CHURCHILL: UTILIZAÇÃO DA ANÁLISE FATORIAL E DO ALPHA DE CRONBACH NA VALIDAÇÃO                   DE INSTRUMENTOS DE COLETA DE DADOS NO MARKETING  Arquivo no Formato ".PDF"

009 - USO DO ALCESTE NA ANÁLISE DE DADOS QUALITATIVOS: CONTRIBUIÇÕES NA PESQUISA EM ENFERMAGEM  Formato ".PDF"

RESUMO Objetivo: Relatar a experiência do uso do Analyse Lexicale par Contexte d’un Ensemble de Segments de Texte/ALCESTE em duas pesquisas qualitativas em Enfermagem. Método: estudo descritivo e qualitativo, do tipo relato de experiência, que demonstra o uso do programa informático ALCESTE na análise de um conjunto de dados textuais em duas dissertações. Resultados: a análise léxica realizada pelo ALCESTE (ver outra Fonte. Formato ".DOC") agrupa as raízes semânticas e as define por classes, levando em consideração a função da palavra dentro de um dado texto. Ambas as dissertações usaram o artifício da categorização das classes geradas pelo programa. Na construção e análise dos seus resultados, uma delas enfatizou o uso da Análise Hierárquica Descente (AHD), e a outra ressaltou a Análise Fatorial de Correspondência (AFC). Conclusão: é reconhecida a complexidade do ALCESTE, embora versátil e transparente na medida em que familiariza os seus processos estatísticos e os resultados apresentados.

Descritores (ou Palavras Chave): Pesquisa Metodológica em Enfermagem; Pesquisa Qualitativa; Enfermagem.

 

ensinoeinformacao: Verificar a possível conotação de "LEXICAL" (ver, também, BASE DE CONHECIMENTO LEXICAL  Arquivo Formato ".PDF") com "Computação Simbólica" Arquivo Formato ".DOC"!

 

010 - 

2 - Análise de Clusters (Agrupamentos)

001 - APRESENTAÇÃO DOS MÉTODOS DE CLASSIFICAÇÃO   Arquivo no Formato ".PDF"

002 - AGRUPAMENTOS E ORDENAÇÃO  Arquivo no Formato ".PDF"

003 - ANÁLISE DE AGRUPAMENTO  Arquivo no Formato ".ppt" (PowerPoint -Slide)

004 - PROJETO DE ESTUDO SOBRE AÇÕES DISCRIMINATÓRIAS NO ÂMBITO ESCOLAR, ORGANIZADAS DE ACORDO COM ÁREAS                    TEMÁTICAS, A SABER, ÉTNICO-RACIAL, GÊNERO, GERACIONAL, TERRITORIAL, NECESSIDADES ESPECIAIS, 

         SOCIOLOGIA E ECONOMIA ORIENTAÇÃO SEXUAL  Arquivo no Formato ".PDF"

 

 

 

 

 

 

Formato ".PPT"

3 - Técnicas Estatísticas Multivariadas (Em Geral)

001 - ALGUMAS TÉCNICAS ESTATÍTICAS MULTIVARIADAS - PARTE I Arquivo no Formato ".ppt" (PowerPoint -Slide)

002 - ANÁLISE MULTIVARIADA DA TEORIA À PRÁTICA  Arquivo no Formato ".PDF"

003 - ANÁLISE DE CLUSTERS: INTRODUÇÃO - Aula 13  Arquivo no Formato ".PDF"

004 - UMA METODOLOGIA PARA AVALIAR O GRAU DE SATISFAÇÃO DOS PACIENTES COM OS SERVIÇOS PRESTADOS POR HOSPITAIS              CREDENCIADOS EM UM PLANO DE SAÚDE  Arquivo no Formato ".PDF"

             Palavras-chaves: Estatística Multidimensional, Satisfação do consumidor, Gestão, Operadoras de saúde

             2.3 Análise estatística multidimensional

                  As respostas aos questionários são sintetizadas em cinco tabelas, uma para cada tema avaliado, contendo as modas, conforme ilustrado na Tabela 1. As tabelas são analisadas por meio de técnicas estatísticas multivariadas (FÁVERO et al, 2009), em particular                                        são aplicadas as seguintes técnicas: análise de correspondência múltipla (AC), análise fatorial (AF), análise de regressão múltipla (MRLM) e análise de agrupamentos (AA), combinadas conforme indicado na Figura 1.

005 - 

 

 

Tópicos em Estatísticas: Arquivo Formato ".PDF"

ensinoeinformacaoÁLGEBRA LINEAR / ESTATÍSTICA - DIAGONALIZAÇÃO DE MATRIZ - UMA APLICAÇÃO EM ESTATÍSTICA

 

Publicado em 14 de Jul de 2019

MATRIZ OU OPERADOR LINEAR DIAGONALIZÁVEL - UMA APLICAÇÃO EM ESTATÍSTICA

 

Deixe seu "LIKE" e se Inscreva no nosso Canal. Deixe suas Críticas e Sugestões! Um grande Abraço a você que nos assiste...

 

Nossa Revista: Ensino&Informação (Facebook).

  A partir de 15 Abril de 2019

Você é o Visitante de Número

(48) 8410.6510 /  faleconosco@ensinoeinformacao.com  /  Florianópolis - SC - Brasil

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • w-googleplus

® 2003 - 2018 Todos os direitos Reservados, ensinoeinformacao.com

Temos Uma versão desta Revista Especificamente para SmartPhones: Versão mais Enxuta somente com Vídeo Aulas e Eventos