ESTATÍSTICA

Disciplina: Estatística e Probabilidade

Curso Completo (Apostila)

Professor: Altamir A. R. Araldi

Ano: 2004 e 2005, Local: CAV-UDESC, Cidade: Lages-SC

  

CAPÍTULO 1 - SÉRIES ESTATÍSTICAS

  
 
1.1 – SÉRIES ESTATÍSTICAS
 
 
1.1.1 - INTRODUÇÃO:
 
            Uma Série é Estatística quando é constituída de um Conjunto de OBSERVAÇÕES HOMOGÊNEAS tomadas durante um Período de Tempo, de algum Fenômeno e de algum Local.
 
            Entende-se por Fenômeno Observado, toda manifestação desde as Leis da Natureza (Leis das Ciências Exatas, por exemplo) incluindo-se aí as Leis da Sociedade (Leis nas Ciências Sociais) em que se vivemos.
 
OBSERVAÇÃO: O conjunto de observações heterogêneas não constitui uma Série Estatística.
 
 
Exemplo:

1.1.2 – ELEMENTOS DE UMA SÉRIE ESTATÍSTICA

a) A época a que ela se refere (o tempo);

b) A região onde se passam os fatos (o local);

c) O fenômeno que é descrito (a espécie do fato).

 

1.1.3 – TIPOS DE SÉRIES ESTATÍSTICAS

a) Séries Temporais ou Cronológicas: varia o tempo e permanecem fixos o local e a espécie do fato.

Em Estatística, Econometria, Matemática Aplicada e Processamento de Sinais, uma Série Temporal é uma Coleção de Observações feitas Sequencialmente ao longo do Tempo. Em Séries Temporais a Ordem dos Dados é Fundamentalmente em Função do Tempo - para cada tempo "t" teremos um Dado x(t), isto é, t(1)x1; t(2)x2, ... t(n)xn, para os tempos (minutos, segundos, dias, anos, semanas e etc. Exemplo: na Tabela abaixo, t(1971)=7.764.496,00 para a Váriável Obsertvada em estudo No. de Trabalhadores Segurados; t(1971)=1.330.523 para a Váriável Observada em estudo No. de Acidentes Ocorridos. Uma Característica muito importante deste tipo de Dados é que as Observações Vizinhas (em cada Coluna) são Dependentes e o interesse é Analisar e Modelar esta Dependência (Correlação) não necessariamente uma Relação de Causa e Efeito, isto é, não implica que uma variação de 1 unidade numa variável x1=x(t1)=x(t(1)) implica numa variação de tantas unidades na variável x2=x(t2)=x(t(2)).

As Séries Temporais existem nas mais variadas Áreas de Aplicação, como: Finanças, Marketing, Ciências Econômicas, Seguros, Demografia, Ciências Sociais, Meteorologia, Energia, Epidemiologia, etc... - Estes Dados são chamados Números Índices!

Exemplos:

b))Série Geográfica ou de Localização: varia o local e permanecem fixos o tempo e a espécie do fato.

c) Série Especificativa: varia a espécie do fato e permanecem fixos o tempo e o local.

 

Exemplo:

d) Distribuição de Freqüências ou Seriações: a época, o fato e o local permanecem fixos, mas o fato é apresentado através de gradações em que é capaz de subdividir-se.

 

Exemplo:

1.1.4 – GRÁFICOS OU DIAGRAMAS

 

1.1.4.1 - INTRODUÇÃO: É qualquer Desenho Geométrico contendo Linhas, Barras ou Setores capazes de permitir uma Apresentação Figurativa das Variáveis Medidas (Fenômeno em Estudo!) para uma primeira Interpretação ou Análise destes Dados.

 

1.1.4.2 - CARACTERÍSTICAS DE UM GRÁFICO

a) Simplicidade;

b) Clareza;

c) Veracidade.

 

1.1.4.3 – TIPOS DE GRÁFICOS

            1.1.4.3.1 - Gráficos de Apresentação

a) Gráficos ou diagramas em Linhas ou Curvas;

b) Gráficos ou diagramas em Colunas ou Barras;

b1) Colunas Verticais;

b2) Colunas Horizontais.

c) Gráficos em áreas ou por setores;

                 

                   1.1.4.3.2 - Gráficos de Análise

a) Histogramas;

b) Polígonos de Freqüências;

c) Curva de Freqüências;

d) Diagrama de Freqüência Acumulada ou OGIVA DE GALTON

OBSERVAÇÃO: Estes gráficos serão vistos no Capítulo 2.

 

1.1.5 – GRÁFICOS DE APRESENTAÇÃO

a) Gráfico Linear

Utiliza-se este tipo de gráfico, por exemplo, para mostrar o Crescimento ou Decrescimento (Evolução) ao longo do TempoSéries Temporais. Também se utiliza este tipo de gráfico para comparar as Partes entre si. É, também, uma forma alternativa quando se deseja Comparar dois Conjuntos de Dados.

 

Exemplo 1:

Exemplo 2:

b) gráfico em barras (ou colunas)

 

Utiliza-se este tipo de gráfico, geralmente, para Comparar partes entre si.

 

Exemplo:

      

c) Gráfico Setorial

 

Este tipo de gráfico é utilizado sempre que se quer Comparar Partes com o Total, isto é, o que representa cada setor em relação ao total, em termos percentuais. Também, pode ser usado para Comparar partes entre si.

 

 

 

Exemplo:

1.1.6 – Quadro resumo de séries estatísticas e do tipo de gráfico mais adequado para a Representação dos dados:

Capítulo 1 - SÉRIES ESTATÍSTICAS E NÃO ESTATÍSTICAS - GRÁFICOS

VARIÁVEIS ALEATÓRIAS: TIPOS OU CLASSIFICAÇÃO

Capítulo 2 - DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIAS OU TABELA DE FREQUÊNCIAS

Capítulo 3 - Medidas de Tendência Central, Separatrizes

Capítulo 4 - MEDIDAS DE DISPERSÃO (OU VARIAVILIDADE)

Capítulo 5 - ASSIMETRIA e CURTOSE

Capítulo 6 - TEORIA ELEMENTAR DA PROBABILIDADE

Capítulo 7 - DISTRIBUIÇÕES TEÓRICAS DE PROBABILIDADE

___________________

Exercícios Propostos: Capítulos 3 e 4 (Arquivo ".PDF")

 

Resolução dos Exercícios: Exercício 01 / Exercício 02 / Exercício 03 / Exercício 04 /

                                          Exercício 05 / Exercício 06Exercício 07 Exercício 08 /

                                          Exercício 09 / Exercício 10 / Exercício 11 / Exercício 12 /

                                           Exercício 13 (Já resolvido: Veja as Vídeo Aulas abaixo) /

 

 

 

 

 

______________________

 

TABELAS (Capítulo 7):

 

I - Distribuição Normal; II - Distribuição Binomial

 

 

Exercícios Propostos: Capítulo 7 (Arquivo ".PDF")

 

Resolução dos Exercícios do Capítulo 7:

Exercício Resolvido (5)   YouTube

 

 

 

 

 

 

______________________

Processos de Amostragem:

I - Tamanho da Amostra

 

Formato ".PDF"

Ítem (a)   (b);     (c);    (d)  YouTube

Ensino&Informação: Séries

Estatíticas

Altamir Antonio Rosa AraldiSéries estatísticas

 

Publicado em 10 de mar de 2016

Dentro da Área maior a ESTATÍSTICA e como parte de um Curso dentro da Disciplina "Estatística e Probabilidade" da Revista Ensino&Informação cujo Site é www.ensinoeinformacao.com, este Curso - seguindo uma Apostila por nós elaborada - ministrado nos anos de 2004 e 2005 no Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV na Universidade Estadual de Santa Catarina - Udesc na Cidade de Lages-SC para os Cursos de Agronomia; Engenharia Florestal e Medicina Veterinária. Esta primeira parte do Curso o Capítulo 01 diz respeito às Séries Estatísticas. Na Continuidade na próxima Vídeo Aula deste Curso falaremos sobre "VARIÁVEIS ALEATÓRIAS: TIPOS OU CLASSIFICAÇÃO". Aguardem!

 

Nossa Revista: Ensino&Informação (no Facebook)

Tópicos em Estatísticas: Arquivo Formato ".PDF"

  A partir de 22 Set de 2018

Você é o Visitante de Número

(48) 8410.6510 /  faleconosco@ensinoeinformacao.com  /  Florianópolis - SC - Brasil

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • w-googleplus

® 2003 - 2018 Todos os direitos Reservados, ensinoeinformacao.com

Temos Uma versão desta Revista Especificamente para SmartPhones: Versão mais Enxuta somente com Vídeo Aulas e Eventos